7 Cacheadas que Enfrentaram a Transição e se Livraram da Escova Progressiva

#xôprogressiva

Os Cachos Estão de Volta

Olá gente linda! Tudo bem? Cada vez mais nos damos conta de que os cachos estão na cabeça da mulherada, não é mesmo?! Tem gente que acha que é moda, mas eu digo e repito que é aceitação. Ter cabelo cacheado é ser livre de padrões impostos pela sociedade, é ser livre para sair na chuva, tomar um banho de praia e não ter medo de ser feliz. É enfrentar o preconceito e sair de cabeça erguida a cada olhar estranho.

Muitas pessoas estão na temida fase de transição, algumas se sentem inseguras e querem voltar a alisar, outras se enchem de paciência e força para seguir em frente. Realmente não é fácil passar por esse período entre parar de alisar até os cachos crescerem naturais e lindos.

Há 10 anos eu passei por isso e não tive ajuda de ninguém, mas não senti que era algo terrível, somente vivia com meu cabelo preso num rabo de cavalo até decidir, de fato, cortar. Atualmente temos muitas blogueiras cacheadas, assim como eu (claro!), que dão dicas para vocês que querem ter os cabelos naturais de volta.
Hoje eu trago algumas inspirações de meninas que passaram por esse processo e ficaram lindíssimas com seus cabelos cacheados, crespos, juba, volume e tudo o mais que tiver direito. 

Depois de ver essas fotos, tenho certeza que vocês vão desistir dos alisamentos querer ter seus cachos de volta:
Amanda Laplace
Katherine Soares

 

“Decidi parar de alisar pois queria ser eu mesma, não queria mais me esconder por trás de uma química”
Isabelly Larissa

 

“Eu sempre gostei de cabelo cacheado, só que minha mãe, como cabeleireira, achou de começar a relaxar quando eu tinha uns 12 anos. Quando vi uma amiga minha deixar o cabelo natural eu também quis, mas desisti 2 vezes, na terceira vez disse pra mim mesma que quando ele começasse a crescer eu cortaria, foi o que fiz da ultima tentativa. Com 10 meses de raiz eu cortei a parte lisa, as críticas foram muitas, eu mesma as vezes me olhava no espelho e não gostava daquela Bia feia, cabelo curto, feio, sem saber arrumar, mas eu sempre dizia pra mim mesma que essa fase seria como a fase de uma lagarta se transformando em uma borboleta.”
Beatriz Souza

 

“Queria ser livre, estava cansada de viver presa aos alisamentos e à chapinha, queria poder tomar banho de piscina e de praia sem me preocupar!”
Lyla Matos
“Eu decidi a voltar a ter o cabelo cacheado porque sou mais bonita cacheada, pois quando o meu cabelo estava liso sentia falta de algo em mim e era os meus cachos, como sempre falo que é a moldura do meu rosto. Eu não me encontrava com o cabelo liso e sou mais eu sendo naturalmente eu, com os cabelos cacheados.”
Bruna de Paula
“Eu não alisava porque sempre gostei dos cachos, mas fazia muitos relaxamentos o que me fez perder os cachos, quando a chapinha virou moda eu passava todo dia. Parei de relaxar porque meu cabelo estava muito danificado e eu não tinha dinheiro para continuar com os ‘tratamentos’. Foi aí que me descobri livre e feliz depois de cortar a parte cheia de química!”
Fernanda Ferreira
Eu não podia ficar de fora dessa né gente?!
Espero que este post possa ajudar muitas de vocês a não desistirem de voltar aos cachos.
Ainda essa semana voltarei com uma novidade bem legal para quem quer voltar aos cachos sem precisar cortar a parte alisada… aguardem!
Beijinhos e se cuidem!
Fernanda Ferreira – Blog Dicas da Fê
Comente com Facebook

Mais:

10 Comentários

  1. Ontem, isso mesmo, me deu a louca e cortei as últimas partes lisas desde meu primeiro big chop! Acredito que agora estou com 95% do processo de transição completo! Das meninas acima, acredito também que muitas se sentiram influenciadas pela opinião alheia ou pela ilusão de que cabelo liso é mais fácil de cuidar. Essa segunda razão foi o que me fez fazer selagem na época. Fiz umas seis, o que representa uns três anos com cabelo liso. Não posso negar a praticidade de que não precisava me preocupar em molhá-lo, já que quando secasse, estava liso de novo. Mas, naquela época, não tinha paciência para cuidar dele como aprendi agora e nem o via tão bonito…o "ensopado" de creme fazia parte antes de alisar. Enfim…nunca fui de visitar blogs (na realidade comecei esse ano), mas acontecimentos que me deixaram para baixo, me fizeram navegar pela internet em busca de um sentido, e aí – boom – descobri que existe um universo de cacheadas lindas e super generosas em compartilhar suas dicas e um pouco de suas vidas e, desde então, tenho aprendido a me (re)valorizar, a me amar, entre outras coisas…como saber que meus cachos, fazem parte de quem eu sou, da minha identidade, da minha personalidade forte e independente. É um processo lento e tímido, mas que já tem gerado pequenas mudança. É incrível como tem pessoas que aparecem na sua vida e fazem um estrago detonando sua autoestima e sua aparência, mas vêm outras que nos fazem melhor e nos encorajam a ser o melhor de nós mesmos. Obrigada, Fernanda!

    P.S.: Você parecia outra pessoa com cabelo liso…nunca imaginei que você tivesse passado por transição…nem preciso dizer que estás mais linda agora.

  2. Olha, vou logo dizendo vcs todas estãoooo super bem assim com esses cachos poderosos, eu tb passei por isso, a minha transição não foi difícil pq eu nunca alisei meu cabelo por completo, era só uma relaxadinha básica, mas mesmo sendo "básica" estava perdendo a minha verdadeira identidade… E só percebi isso quando meu cabelo começou ficar estranho em algumas partes, comecei a cortar um pouco e mais um pouco pra ver se tirava a parte estranha e nada, a minha ficha caiu mesmo quando tive que cortar quase dois palmos, só não fiquei louca por que já tinha preparado meu psicológico pra uma mudança… daí comecei a olhar na net tudo o que era bom pra um cabelo na situação que o meu se encontrava, foi quando eu descobri esses maravilhosos blogs o seu o da Gil entre outros daí minha paixão pelos cachos só aumentou e continuei a busca por cabelos naturais sem químicas, e nessas minhas pesquisas encontrei o salão LUNABLU fui até lá e fiquei apaixonada pelo cuidado e o profissionalismo que existe lá… APAIXONEI pelo corte, e estou amando cada dia mais. Depois mando foto… Hehe… Beeijos Fê.

  3. Estão todas lindas,Fê qual o primeiro passo para eu deixa meu cabelo natural?tenho muita vontade de deixa ele natural mais tenho um pouco de medo, já tem 10 meses que não aliso meu cabelo, só que ando com ele amarrado todo tempo tenho vergonha de anda com ele solto. quais os cremes que são bons?

  4. A transição é um momento em que a mulher começa a se aceitar do jeito é sem precisar se esconder por traz das químicas, não é um período fácil ainda mais quando você está acostumada com o cabelo liso, sem volume, mas o bom é depois, o resultado é sempre fantástico, podemos até ficar um pouquinho feia no inicio mas depois é só brilho, é só beleza, cada dia que passa não me arrependo de ter parado totalmente com as químicas no cabelo. A mulher quando decide mudar o cabelo tenha certeza que ela também pretende mudar sua vida (li essa frase em alguma pagina de cacheada) e é exatamente assim que a gente se sente quando muda o cabelo tudo se transforma a gente já não aceita mais ser como antes, junto com o cabelo mudamos a nossa personalidade, a maneira de pensar, de agir, ficamos mais confiantes e corajosas, é asim que eu me sinto.

  5. O que acho mais interessante é que todas elas estão mais cheias de personalidades e atitude. Libertar-se dos padrões de beleza que nos são impostos, seja eles quais forem, é uma conquista pessoal e tanta. Parabéns a todas que se assumem como são e se amam acima de tudo! Parabéns pra nós!

Deixe uma resposta para Elisângela Oliveira Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.