Alisantes e Relaxantes – Princípios ativos

Olá gente linda, tudo bem? Algumas pessoas têm me contatado pedindo para falar mais sobre alisamentos e relaxantes de cabelo. Eu não sou expert no assunto, mas entendo de alguma coisa!
Hoje existem muitos tipos de produtos transformadores dos fios disponíveis no mercado. Produtos transformadores? Sim, é assim que eu chamo esses produtos, pois mudam totalmente o formato dos fios.
Os cabelos crespos e cacheados possuem forma espiralada porque a proteína capilar não é distribuída igualmente por todo o fio! Os alisantes e relaxantes atuam quebrando algumas “ligações químicas” no interior do fio fazendo com que ele reduza total ou parcialmente a forma espiralada.
Fonte Imagem: Site Mundo das Tribos

Os tipos de produtos mais comuns que encontramos no mercado são feitos à base de: Tioglicolato de Amônio, Hidróxido de Sódio, Guanidina e Pirogalol (famoso Henê).

  • Tioglicolato de Amônio – É uma mistura de Hidróxido de Sódio com Ácido Tioglicólico. Indicado para cabelos ondulados, de raiz lisa. Compatível com tinturas, mas não com outros alisantes químicos. Muito utilizado em conjunto com as progressivas.

 

  • Hidróxido de Sódio – É a famosa Soda Cáustica! Indicada para cabelos bem crespos, difíceis de domar. O efeito é irreversível e pode deixar o cabelo com aspecto de alisamento artificial. Não é compatível com outros produtos químicos, pode-se utilizar tonalizantes sem amônia, claro que com um tempo de pausa entre uma aplicação e outra.

  • Guanidina – É uma mistura de Hidróxido de Cálcio com Carbonato de Guanidina. Indicada para cabelos crespos sensíveis. O efeito também é irreversível, mas o resultado é melhor, deixando com aspecto de liso mais natural. Não é compatível com outros produtos químicos, pode-se utilizar tonalizantes sem amônia, claro que com um tempo de pausa entre uma aplicação e outra.

  • Pirogalol – Famoso Henê! Indicado para cabelo crespos, cacheados e ondulados, promove alisamento e coloração ao mesmo tempo. O pirogalol age na camada externa do fio. Seu efeito é mais retardado devendo ser aplicado por diversas vezes até ficar completamente alisado (geralmente uma vez por semana). De efeito irreversível, não é compatível com nenhum outro produto químico, inclusive tonalizantes sem amônia.

Importante:

Para todo e qualquer procedimento de transformação dos fios, recomendo que o cabelo esteja bem saudável, sem quedas, quebras e pontas duplas, devem estar fortes e hidratados! Pois o processo de alisamento e/ou relaxamento retiram algumas substâncias que protegem os fios, além disso os cuidados devem ser continuados!

Eu não sou a favor de alisamentos, mas se você quiser transformar as madeixas, procure por um profissional de confiança, pergunte qual é o produto ou princípio ativo que está sendo aplicado e sempre faça o teste da mecha (aplicação em uma mecha do cabelo para avaliação do resultado prévio – quebras, quedas e etc.) e a prova de toque (aplicação do produto na pele para avaliar possíveis alergias) antes! Nunca aplique os produtos em casa sem a orientação de um profissional!!!
Espero ter ajudado!
Comente com Facebook

Mais:

3 Comentários

Deixe uma resposta para Rose Rebelo Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.