E quando o cabeleireiro quer alisar???

Campanha: #cabeleireiroamigodoscachos

Olá gente linda, tudo bem? Como eu havia dito em um dos vídeos da campanha, as histórias serão divulgadas no blog ou no nosso canal no Youtube.

Hoje mostro para vocês a história que a Uiara Teixeira nos enviou, confiram:
“Moro em uma cidade relativamente pequena e sempre fiz aquelas escovas que prometem alisar os cabelos, mas com o passar do tempo, eles ficavam com o aspecto horrível. Então eu decidi não fazer mais química nos cabelos. Para isso fui procurar um cabeleireiro para me orientar, mas simplesmente não achei nenhum que cuide de cabelos cacheados! O mais incrível foi o que uma cabeleireira me disse: ‘se você fizer uma escova de Argan os seus cabelos vão alisar e, os cabelos lisos, além de mais bonito dão menos trabalho!‘ Nunca mais voltei no salão dela depois daquele dia!!!”
Minha opinião:
Infelizmente essa é a realidade que ainda paira sobre grande parte dos cabeleireiros no Brasil, inclusive, muitos deles são impulsionados pelos fabricantes de produtos alisantes.
Uiara, parabéns pela sua decisão! Fico pensando quantas pessoas mais são persuadidas por essa ideia que os cabeleireiros têm, quem disse que cabelo alisado dá menos trabalho e são mais bonitos? Os cuidados com cabelos alisados são maiores do que com os cabelos naturais, pois eles ficam mais ressecados e frágeis, além disso cada cabelo tem a sua beleza, sendo crespo, liso, cacheado ou ondulado. A ditadura do cabelo liso que a mídia impôs, por muitos anos, já acabou!!!
Meninas, pensem muito bem antes de alisarem as suas madeixas. Não se deixem persuadir por uma ideia que não lhes agradam!
E para você, que é cabeleireiro, respeite o cabelo do seu cliente. Tente encontrar o melhor tratamento adequado ao seu tipo de cabelo. Se não sabe tratar um cabelo afro, faça cursos, atualize-se! O mercado das cacheadas e crespas está crescendo!!!

Comente com Facebook

Mais:

7 Comentários

  1. Oi Fernanda, tudo bem?!
    Sabe, eu tenho os cabelo lisos, mas vejo pelas minhas amigas o quanto essa questão é polemica, aqui na minha cidade os donos de salão vivem indicando progressivas, alisamentos, relaxamentos, enfim, ninguém tem uma solução viável a não ser essa opções. Lamentável mesmo. Ótima atitude!
    Beijão!

    http://www.cuidadosevaidades.com.br

  2. Uma vez, antes que eu cortasse meu cabelo no estilo black, saí procurando vários salões, indicados por uma amiga. Fui em um próximo a minha casa, dizendo o que eu queria fazer no cabelo, a cabeleireira olhou pra mim, e disse que eu não deveria cortar desse jeito, porque iria ficar volumoso, desarrumado, estranho, feio e um monte de coisa (que pelo visto, ela considerava ruim). Voltei pra casa, toda triste, porque não tinha conseguido o que eu queria. Mas, ao chegar em casa, eu comecei a pensar: Eu quero meu cabelo cheio, cabelo black é isso, volume, altura, e eu quero isso. Porque eu voltei pra casa? Vou em outro salão.

    E foi exatamente o que eu fiz, peguei o ônibus e fui em outro local, que me atendeu muito bem, fez o que eu pedi e eu saí de lá radiante, e super feliz. Por onde eu passava, todos olhavam, não sei se com tom de aprovação ou não. Só sei que, se eu tô bem comigo, não me importo com o resto!

  3. Em primeiro lugar, a pessoa precisa ter força de vontade e determinação, pra dizer um não bem grande na cara do profissional. Dizer em alto e bom som, que ama seu cabelo, e seus cachos são perfeitos e não pretende mudar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.