Faustão diz: Arielle do cabelo de vassoura de bruxa

Olá gente linda! Como vocês já sabem, tá rolando um “bafafá” sobre como o Faustão se referiu ao cabelo de Arielle, dançarina da Anitta, em seu programa dominical ao chamá-la de “Arielle do cabelo de vassoura de bruxa” Eu gravei um recado em vídeo para o apresentador e quero também falar mais da minha opinião sobre o tema aqui!

 

Algumas pessoas comentaram no vídeo dizendo que foi só uma brincadeira ou que nós fazemos “tempestade em copo d’água”. Infelizmente essas pessoas não entendem o que estamos expressando. Por muito tempo, nós crespas e cacheadas, sofremos preconceitos e a ditadura da beleza que dizia que “mulher tem que ter cabelo liso“. Quase não encontrávamos produtos para cabelos do nosso tipo!!! Quando eu era criança ouvia muito: “seu cabelo é um fuá“, “cabelo de bruxa” e por aí vai…
Minha mãe passava o tal do ‘Alisa e Tinge’ e a única coisa que esse produto fazia era deixar o meu cabelo sem forma, nem liso e nem cacheado, só com volume.
Resolvi criar esse blog para ajudar muitas mulheres a voltarem aos cabelos naturais, já que muitas delas gostavam dos cachos mas não sabiam cuidar! Hoje fico muito feliz em saber que já ajudei e continuo ajudando muita gente que atualmente se olha no espelho e se sente feliz! Mas também é muito triste saber que existem pessoas que ainda sofrem muito com a opinião alheia e o preconceito.
Sabe, dá muito trabalho levantar a auto estima de uma mulher, mas para derrubá-la é muito fácil! Quando vi o que esse apresentadorzinho disse, fiquei muito chateada. Não por mim, mas por essas pessoas que precisam de um estímulo para voltar ao cabelo natural.
Sobre o Faustão, sei que ele cometeu várias gafes em seu programa, mas ele precisa medir melhor suas palavras e aprender a respeitar os outros. Ninguém é obrigado a gostar de tudo e de todos, cada um tem direito a ter a sua opinião própria, mas o que não deve ser feito é denegrir e faltar com respeito ao próximo, ainda mais quando se trata de um apresentador de televisão de uma emissora tão “influente” como a Globo!
Cabem aqui alguns questionamentos:
“Até quando teremos que ouvir besteiras como essa e ficar calados?”

“Até quando sairemos nas ruas e observaremos pessoas nos olhando feio ou se afastando de nós por causa do cabelo?”

“Até quando seremos menosprezados em lojas de alto padrão por causa do nosso cabelo?”

Só para deixar claro: preconceito não é racismo!
Preconceito é um conceito ou opinião formados antes de ter o conhecimento adequado sobre algo ou alguma coisa.
Racismo é a divisão de raças, geralmente quando um indivíduo se acha superior ou melhor do que outras.

Pensem e reflitam!
Comente com Facebook

Mais:

6 Comentários

  1. Quanto mais alto, melhor. Quero meu cabelo pra cima, amo meu "fuá", minha "jubinha"… Não vivo sem ele! Precisamos parar com essa sociedade opressora, que quer que abaixemos nossas cabeças e aceitemos tudo caladas… NÃO! Cabelo cacheado, afro, de dread, "pixaim", é maravilhoso… Não quero saber de chapinha, não quero alisar… Eu quero é ser livre, leve e solta! o/

  2. Sempre surgem essas piadinhas sem graça e de mal gosto, mas sempre com cabelos cacheados. Cadê que alguém tira onda com cabelo liso, dizendo que é lambido e tal. Fala sério, né.
    Essa sociedade opressora, sempre nos impondo que cabelo perfeito e bom, é cabelo cacheado.
    Hoje mesmo eu vi uma propaganda de um salão, aí tinha uma foto de um leão com a juba arrepiada, e dizia que era cabelo rebelde, assanhado, como se precisasse de tratamento. E outra foto de um leão com cabelo bem lambido, dizendo que os cabelos iriam ficar assim, e por isso ficarem lindos.
    Cada um usa o cabelo do jeito que gosta, cacheado, liso, careca, com dread…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *